Hospitais alcançam o estágio 6 da HIMSS

StartFragment

Os hospitais brasileiros estão avançando na adoção de ferramentas informatizadas, usando assim a Tecnologia da Informação para ganhar eficiência operacional, melhor qualidade assistencial e maior segurança do paciente.

Para estimular os hospitais a avançar na adoção do prontuário eletrônico, a Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS) desenvolveu o Electronic Medical Record Adoption Model (EMRAM). Como modelo de maturidade, define 8 estágios evolutivos (0 a 7), indicando passo a passo quais tecnologias precisam ser adotadas para alcançar o nível de um hospital digital.

O processo de avaliação inicia com o preenchimento de um questionário. Nos estágios mais avançados 6 e 7, funciona tal como uma acreditação hospitalar, com a visita de auditores internacionais e com a premiação em eventos realizados pela HIMSS em todo o mundo.

A FOLKS é parceira formal da HIMSS Analytics e já apoiou mais de 25 instituições na avaliação do EMRAM. Muitos se qualificaram nos estágios 0 a 5 e, através do relatório de não conformidades, estão melhorando os seus processos e adotando novas tecnologias.

Atualmente, são apenas 8 hospitais estágio 6 no Brasil: Sírio Libanês, Samaritano, Alemão Oswaldo Cruz, Santa Paula, Idoso Zilda Arns, Unimed Recife, Unimed Volta Redonda e São Camilo (Unidade Santana). Além destes, o Hospital Italiano de Buenos Aires também atingiu o estágio 6. Todos os hospitais estágio 6 no Brasil contaram com o apoio da FOLKS.

Se deseja ser avaliado pela HIMSS Analytics e usar o EMRAM como referência para se tornar um hospital digital, fale conosco!EndFragment

#poupança #pessoal

Featured Posts
Recent Posts